A proposta deste artigo é destacar a importância da extensão universitária como ferramenta complementar da educação superior. Baseados nos autores como Gurgel (1986) e Melo Neto (1984), que enfatizam a importância da extensão universitária, o recorte tem como foco a descrição da experiência com o projeto “Histórias para Contar”, uma proposta implantada pelo Curso de Comunicação Social da Faculdade Estácio de Sá de Campo Grande (MS) na qual alunos e professores partilhavam momentos de leitura e descontração com idosos do asilo São João Bosco, o mais antigo da cidade. As atividades foram propostas como uma tentativa de ampliar a formação humanística do discente por meio da leitura tendo como princípio norteador o pensamento de Freire (1989) e Bamberger (1986).

O texto é assinado em parceria com a prof. Marcelli Alves e está publicado na revista Espaço Acadêmico, da UEM.

Pode ser acessado pelo link: file:///C:/Users/Thaisa/Downloads/31158-146585-1-PB.pdf

Ou baixar diretamente aqui: Historias para contar

hist