Lançado em formato impresso, agora o livro “Desafios da Pesquisa em Jornalismo” pode ser acessado na internet. A obra reúne quinze artigos, organizados pelos professores Francisco Gonçalves da Conceição, Joanita Mota de Ataíde e Roseane Arcanjo Pinheiro. Entre os artigos está o ” Dia a dia na Redação do Ciberjornal:linguagem semelhante, modo de produção particular”, da pesquisadora Thaísa Bueno, que detalha o dia a dia da rotina produtiva das redações de jornalismo na web.

Confiram o sumário:

Confira o sumário

  • TV digital, notícias e interatividade: a pirâmide invertida em ambientes não gutenberguiano (Márcio Carneiro dos Santos)
  • “Cadernalização” em telejornal: algumas questões na produção de roteiro hipermidiático (Patrícia Kely Azambuja)
  • Dia a dia na redação do ciberjornal: linguagem semelhante, modo de produção particular (Thaísa Cristina Bueno)
  • A objetividade no texto jornalístico: a técnica do lead e o lugar de contar história no Jornal do Povo nos anos 1950 (José Ferreira Júnior)
  • Sob os ventos da Independência: Odorico Mendes e o jornalismo político do século XIX no Maranhão (Roseane Arcanjo Pinheiro)
  • João Francisco Lisboa: o jornalismo no Maranhão no século XIX e sua identificação com a crônica política (Seane Alves Melo e Joanita Mota de Ataíde)
  • Moderna tradição nas páginas impressas: itinerário do papel social do jornal soteropolitano no século XX a partir de coberturas eleitorais (Ana Spannenberg)
  • Jornal-laboratório: vocação comunitária ou peça de assessoria? (Alexandre Zarate Maciel)
  • (Des)construção da cena enunciativa: proposta de metodologia para o Jornalismo (Joanita Mota de Ataide)
  • Jornalismo Cidadão: a experiência da rádio comunitária Bacanga FM (Wesley Pereira Grijó e Rosinete de Jesus Silva Ferreira)
  • Telejornalismo e cultura nacional: um diálogo teórico interdisciplinar (Li-Chang Shuen Cristina Silva Sousa)
  • Limites e paralelos da geopolítica do jornalismo brasileiro (Pamela Araújo Pinto)
  • Quem fala, quem cala: representatividade das fontes no discurso jornalístico sobre a loucura (Denise Cristina Ayres Gomes)
  • Mosaico em preto e branco: representações da mulher negra no jornalismo feminino brasileiro (Erly Guedes Barbosa)
  • A pesquisa em jornalismo no Estado do Maranhão (Francisco Gonçalves da Conceição)

livroPDF do livro Desafios da pesquisa em jornalismo

Resumo do artigo “Dia a dia na Redação do Ciberjornal: Linguagem semelhante, modo de produção particular
Thaísa Bueno

Este artigo faz um balanço das modificações sofridas pela linguagem e seu reflexo no modo de produção nas Redações do Ciberjornal. O levantamento mostra semelhanças e diferenças entre o texto das mídias tradicionais e o novo modelo. Aponta, ainda, particularidades no modo de produção ,nas habilidades exigidas do profissional da rede, e algumas soluções encontradas para dar conta da apuração meteórica. O estudo tem como base a organização e o dia a dia do site Campo Grande News, o primeiro a ingressar na rede em Mato Grosso do Sul. As reflexões apresentadas aqui servem de base para qualquer outro jornal nos mesmos moldes.